GOSTOU? ENTÃO COMPARTILHA

ENVIA PARA UM AMIGO:


O óleo de coco virou queridinho das dietas e não sai do cardápio de quem quer perder peso com saúde. Além das propriedades nutritivas, o óleo é riquíssimo em benefícios para a pele e pode ser um trunfo do ritual de beleza diário.
O médico e cirurgião plástico Dr. Rodrigo Duprat, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, indica o óleo de coco como um complemento na rotina de cuidados com a pele e até para melhorar a saúde bucal.
Veja Também:
“O óleo de coco é composto em grande parte por ácido láurico, uma substância rica em gorduras, com propriedade anti-inflamatória e antimicrobiana. Isso faz do óleo um ótimo hidratante oclusivo, ou seja, que impede a perda de água, melhora a flora bacteriana natural da pele e também promove uma limpeza profunda e restauradora”, explica Duprat.
Pele do rosto

O líquido atua como emoliente, deixando a pele do rosto mais macia e homogênea, e também pode ser usado como demaquilante. No entanto, Dr. Duprat aconselha que o produto não seja utilizado por quem tem pele oleosa ou com acne, pois ele pode piorar a obstrução dos poros, se usado de forma exagerada.
Pele do corpo

No corpo, além de hidratar as áreas mais secas, como joelhos e cotovelos, que precisam de uma dose extra de cuidados, o óleo ajuda a combater aquelas manchinhas brancas de micose, que aparecem na pele durante o verão. Ele também é um aliado no tratamento dos pés, pois hidrata a pele rígida do calcanhar e também evita a proliferação de micro-organismos que podem causar maus odores e infecções fúngicas.  
Cabelos

Para os cabelos, o óleo deve ser usado somente no comprimento dos fios, evitando a aplicação no couro cabeludo. “Se for usado em excesso, o óleo de coco pode obstruir os poros do couro, causando um aumento na oleosidade e até queda e enfraquecimento dos fios. No entanto, o produto é um ótimo hidratante para pontas com ressecamento”, conta o médico.
Limpeza da boca

Graças à propriedade antimicrobiana, o bochecho com óleo de coco pode reduzir em até 50% as placas bacterianas orais. Segundo o Dr. Rodrigo Duprat, os bochechos com óleos são  usados há milhares de anos pela medicina ayurvédica, uma vertente bastante antiga da medicina indiana.
Para fazer em casa, basta colocar o óleo na boca e fazer um bochecho intenso por alguns minutos. A ação mecânica atua em conjunto com os outros benefícios do óleo, removendo a placa e promovendo uma sensação de limpeza nos dentes, boca e língua.





















Me ajudem a divulgar o blog, compartilhando esse post nas Redes Sociais
Se te ajudou pode ajudar sua amiga também !




dicas de cortes de cabelo feminino
Do curtíssimo, passando pelo ‘badalado’ comprimento médio até as madeixas estilo “Rapunzel”: cabeleireiro Adriano Nichetti fala das tendências de corte para o inverno de 2016.


Ah... O poder de um corte de cabelo! Já reparou como a aparência de uma pessoa muda simplesmente porque ela tirou fora alguns fiozinhos? É, as tesouras e navalhas são capazes de ressaltar a beleza ou chamar a atenção para aspectos não tão positivos. Por isso, a escolha do comprimento e da disposição dos fios faz toda a diferença. Mas dá para aliar o estilo certo para a fisionomia com a tendência do momento? Dá! O cabeleireiro Adriano Nichetti e o maquiador André Cezar, do salão Adriano & André Cabeleireiros, contam “tim tim por tim tim”, a moda que o inverno 2016 está ditando para as madeixas. E, olha... Ela vem bem democrática!



O conselho mais “papo reto” é: o long bob veio para ficar! “É aquele cabelo curto no estilo ‘chanel’, só que repaginado, levemente bicudo... Ele pode variar da altura do queixo até altura do ombro, se tornou o queridinho nos salões e não é momentâneo não: é um corte que se tornou atemporal”, descreve Adriano. E para a pegada ficar ainda mais moderna, dá para conciliar o ‘long’ com o chamado “messy hair”, que é aquele desfiado com ar de bagunçado.


Um pouco mais alongado (mas não muito), o próximo na lista dos “mais mais” de 2016 é o comprimento médio. “Nesse caso, a mulherada pode apostar em uma base reta, com leve desfiado nas pontas e franja na lateral”. E por falar na (sempre polêmica) franja, vale aquele velho lembrete: converse sempre com o cabeleireiro antes de adotar uma franjinha ou um franjão. Nesse caso, o pitaco é do maquiador André Cezar: “O comprimento dos fios precisa combinar com o tipo de rosto. As técnicas de visagismo são muito importantes antes de se adotar um corte”.


E para quem não desapega de jeito nenhum do cabelo comprido, a proposta é investir no “retão”. “O longo vem com os fios mais retos, com suaves camadas ou completamente sem camadas marcadas”, pontua o cabeleireiro Adriano, acrescentando que no estilo curtérrimo, vale ousar mais: “No caso do curto, a proposta da vez é o new pixie: aquele eterno formato ‘joãzinho’, só que ainda mais desfiado, bem futurista!”. 
No entanto, uma máxima vale para qualquer uma das escolhas de corte: não esqueça da manutenção! Inverno pede ainda mais cuidado. “No frio, o complicado é que a pessoa já vem do verão com o cabelo ressecado e acaba ressecando mais lavando o cabelo na água muito quente, abrindo demais as cutículas. Então, é hora de reforçar a hidratação!”, aconselha Adriano. “No inverno, o cabelo já fica naturalmente mais frisado e arrepiado, então dá para estilizar assim! No mercado existem muitos produtos para criar um pouco mais de volume para ter essa pegada de cabelo bagunçado”, finaliza André.




















Me ajudem a divulgar o blog, compartilhando esse post nas Redes Sociais
Se te ajudou pode ajudar sua amiga também !




Compartilha nas Redes Sociais:

ENVIA PARA UM AMIGO:
 

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...