Portal de Beleza: Transição Capilar e Big Chop - Meu Cabelo Cacheado


Transição Capilar e Big Chop - Meu Cabelo Cacheado



Oi gente, hoje eu vim contar pra vocês sobre a minha transição capilar e como se deu toda essa trajetória que começou  1 ano atrás, em junho de 2012.

Bem, eu era uma menininha com muuuuuuito cabelo!!! Como diria minha mãe  “cabelo que dava pra duas cabeças” ,minha mãe resolveu relaxar meu cabelo pela primeira vez quando eu tinha 7 anos, para ”abrir” os cachos, diminuir o volume e facilitar pra ela que penteava e cuidava daquela juba.

cabelos cacheados


 Eu nem sabia direito o que ia acontecer... nem fazia ideia de como ia ficar, não me lembro se eu fui a favor ou contra, mas o fato é que ela fez com tioglicolato de amônia. Fedia, queimava e o cabelo caia!!! Realmente tem que diminuir o volume mesmo, eu perdi boa parte dos meus fios no lavatório e no pente ao longo dos dias!!! Ai minha mãe não agradou muito disso não, e com o passar do tempo mudou meu relaxamento para guanidina. Nessa época eu já me recordo que eu queria meu cabelo liso!! Queria ficar que nem as pretas americanas dos clipes de Hip-hop.  O tempo foi passando e passando... eu achava os cabelos cacheados bonitos, black power também, mas o liso eu gostava mais!! Sempre admirei a valorizei os cabelos cacheados e crespos, mas era como se aquilo não fizesse mais parte de mim... como se aquilo não fosse a minha realidade. Perdi totalmente a noção da minha identidade. Eu mantinha meu cabelo escovado e chapado, só na época do calor que eu só lavava e deixava secar naturalmente, ai não dava cachos ne, só formava umas ondas largas, mas nada nem perto do que era meu cabelo na infância antes de eu conhecer as químicas.


cabelos cacheados


 Eu não era diferente de uma menina branca de cabelos naturalmente lisos, pelo menos eu me enxergava como igual!! Com o passar dos anos isso foi piorando, porque eu achava que meu cabelo era liso e que eu podia fazer o que eu quisesse nele, inclusive luzes hahaha, até franjinha eu já fiz!!!  todo mundo sabe que luzes não é compatível com cabelos quimicamente tratados com guanidina, mas eu não queria nem saber!! Queria ficar nem que fosse de longe parecida com o “cabelo” da Beyoncé, da Preta Gil, da Thaís Araujo na época de Cobras e Lagartos rsrs e foi isso que aconteceu! Eu com uns 12 anos estava LOIRAAAAAAA e com o cabelo TO DO A RRE BEM TA DO!!!!

Minha mãe é cabeleireira e tudo que eu mandava ela fazer ela fazia! Não adiantava ela dizer que não ia dar certo, que ia ficar ruim, que eu ia ficar careca, eu fazia assim mesmo!! Eu achava que por morar dentro de um salão de beleza se meu cabelo ficasse ruim eu podia tratar, sem gastar nada ne?! Era o que eu fazia, detonava o cabelo e depois ficava roubando os cremes do salão da minha mãe pra recuperar os fios.

Com o tempo fui cansando, não chegava a lugar nenhum, eu detonava o cabelo, me arrependia, e tinha que ficar contornando a situação. Era tudo muito difícil, penoso, eu ficava feia, minha aparência ficava destoada, por sorte nunca tive um corte químico, mas por varias vezes meu cabelo ficou elástico e eu ia perdendo-o no pente ao longo dos meses.

E a pessoa não fica satisfeita em errar uma vez só não, ela tem que repetir!!! Minhas primeiras luzes foram quando eu tinha quase 13 anos, meu cabelo foi caindo, caindo, caindo até que não restou um fiozinho loiro na minha cabeça pra contar historia!!! Foram todos embora no banho e no pente! Voltei a ser morena e não satisfeita depois de uns 4 anos, resolvi tentar ficar negaloira dinovo, não deu outra, o cabelo ficou danificado, mais uma vez eu não fiquei satisfeita com a cor e começou ai o samba do crioulo doido, todo mês eu passava um tonalizante  loiro pra tentar chegar na cor que eu queria, porque as luzes tinham ficado muito claras. Era  Caramelo, Loiro Mel, Mel Natural, Loiro Claro Dourado, pelo que eu  me lembro foram 5 vezes, e não chegava no tom que eu queria, fui desanimando...

Cabelos Cacheados



Uma vizinha minha faz caravanas pro Beleza Natural no Rio, eu quase ia embarcando nessa de ir também, até que um dia muito por acaso vi um vídeo da blogueira Rayza Nicacio no youtube sobre cuidados com o cabelo cacheado ( nessa época eu já estava mais afim de cachear, então já não mais fazia chapinha e já estava buscando por algum relaxamento que não alisasse meu cabelo, mas que só “amaciasse” a raiz ) nesse meio tempo através do facebook da Rayza eu conheci uma moça que hoje é meu anjo cacheado, e eu comecei a conversar com ela pra expecular  sobre a cor do cabelo dela, que era um loiro mel muito lindo ( eu havia desencanado de alisar, mas não de ficar negaloira!!! ), então ela me contou sua historia capilar e eu compartilhei a minha e disse que estava querendo ir no BN, dai ela me disse: mas porque você não deixa o seu cabelo natural? Essa frase mudou minha vida!!!  Entrei em transição .


Ela me apresentou um grupo no facebook onde eu comecei a devorar tudo a respeito de cachos, crespos e cabelos naturais, cuidados, penteados, texturizações, produtos etc.

Quando decidi entrar em transição, parei de fazer chapinha desde então, não passei minha transição escovando nem pranchando meu cabelo porque acho que isso faz parte do processo!! As duas texturas realmente deixam o cabelo com aspecto esquisito, mas se você as mascara fazendo chapinha pra mim isso significa que você ainda não aceita o seu cabelo natural!

cabelo cacheado


cabelo cacheado




Transição é um processo onde você começa a se familiarizar novamente com seu cabelo natural, reaprende a cuidar dele, já que a grande maioria das mulheres que entram na transição foram escravas de químicas por longas décadas, eu mesma fui escrava por cerca de 12 anos, dos 6 aos 18 anos e eu sinceramente não sabia como meu cabelo era mais... não sabia se viria cacheado, se viria crespo, muito crespo, não sabia! E só fui descobrindo com o passar dos meses... o aprendizado foi tanto que resolvi criar um grupo no facebook  também, o Cacheadas em Transição, focado para as meninas que estão em transição, elas merecem mais atenção, todo cuidado e apoio é imprescindível para que não haja recaídas durante o processo. Sempre tem a mãe, a vizinha, o namorado, a “amiga” do trabalho, o marido que vai criticar, que não vai dar apoio, que vai dizer que você esta feia, estranha, que prefere o cabelo quando você alisava. Isso tudo pode deixar a mulher que está em transição desmotivada e fazer com que ela desista de persistir na transição. Não é fácil, cuidar do cabelo com duas texturas é complexo, mas o cabelo NATURAL é sim o MELHOR CABELO! Em todos os aspectos!!! Hoje EU DEFENDO O NATURAL!!! Assumir seu cabelo, seja ele qual for, liso, ondulado, frizzado, volumoso, cacheado ou crespo é uma questão de autoaceitação.
Não acreditem que seu cabelo não tem solução, ele não precisa de solução, ELE NÃO É UM PROBLEMA!

Fiquei exatamente 1 ano em transição, de junho de 2012, quando dei minha ultima química até junho de 2013 quando fiz o meu big chop. Durante esse período eu dei 3 cortes no cabelo, um em agosto de 2012 com 2 meses de transição, outro com 5 meses de transição, e outro com 7 meses de transição, por fim fiz o bc com 1 ano. Eu coloquei na minha cabeça que ficaria pelo menos 1 ano em transição para me adaptar, e ter certeza de que queria cortar, sem precipitação, pra não correr o risco de me arrepender.



Meu bc foi realizado no dia 01 de junho de 2013, eu mesma cortei, ao som de I am.. Sacha Fierce da minha diva Beyoncé, com o auxilio da minha prima que me ajudou nas mechinhas de trás da cabeça e eu fiquei muito feliz, meu psicológico estava preparado pra esse momento, isso é muito importante!! A sensação de liberdade é instantânea.


Hoje eu vejo minhas fotos e me reconheço, me orgulho de ser negra do cabelo crespo. Não estou mais matando minha raiz crespa a cada 3 meses com alisamento, não me enxergo mais como uma menina branca de cabelo liso e tenho total certeza da minha identidade. A transição pra mim serviu também como fonte de reconhecimento étnico. Não pretendo perder isso nunca mais.



hoje 3 meses de bc!!

moooooooonte de beijos pessoas
até semana que vem


Gostou? Curte o Portal:






Comentários do Facebook
8 Comentários do Blogger

8 comentários:

Postar um comentário

Fico Feliz com Seu Comentário, volte sempre!

PS: Comentários anônimos não serão mais aceitos ok?

Top 10