Portal de Beleza: Dicas para um Dia das Crianças mais Saudável


Dicas para um Dia das Crianças mais Saudável




por : Aritiane Silva, nutricionista consultora da Itgreenfoods, pós-graduanda em Nutrição Clínica Funcional e membro do Instituto Brasileiro de Nutrição Funcional.

Incentivar o consumo de alimentos naturais e nutritivos é a melhor forma de garantir mais saúde e disposição para as crianças

Para comemorar o Dia das Crianças de maneira saudável e nutritiva, a melhor opção é evitar fast food, guloseimas ricas em açúcar e lanches recheados de gordura, incentivando os pequenos a consumirem alimentos naturais como frutas, legume e verduras. Nesta fase da vida, é fundamental garantir o aporte adequado de vitaminas e minerais essenciais, já que qualquer carência de nutriente pode prejudicar o desenvolvimento da criança.

Veja Também:

>> 10 Dicas para melhorar a alimentação das Crianças
Sendo assim, a Itgreenfoods sugere que nessa data especial, os pais preparem refeições em casa e chamem as crianças para participar, fazendo desse momento um hábito. O café da manhã é a refeição mais importante do dia, feita após um longo período de jejum durante a noite. Sendo assim, deve ser balanceado para ativar o metabolismo da criança.
“Por fornecer energia, o café da manhã colabora para melhorar a concentração na escola, além de evitar que a criança coma além do necessário no almoço”, afirma a nutricionista consultora da Itgreenfoods, Aritiane Silva. O café da manhã pode ser composto por torrada com queijo cottage, uma porção de fruta e suco natural. Outra opção é pão integral, queijo branco e uma porção de fruta.
Para o lanche da manhã, na escola ou em casa, os pais podem oferecer biscoito de polvilho, uma fruta e iogurte ou pão integral com geleia e suco natural, por exemplo. “Já existem opções de sucos prensados a frio feitos com frutas e vegetais, que são tão práticos quanto os de caixinha, mas com a vantagem de oferecer muito mais nutrientes, sem a adição de açúcar ou conservantes”, recomenda a nutricionista.
Os pais devem evitar os alimentos industrializados que contêm açúcar e gordura, como bolacha recheada e salgadinhos porque são ricos em calorias vazias e não fornecem nutrientes. Nos lanches intermediários, recomenda-se trocar os alimentos refinados pelos integrais, por exemplo, bolacha cream cracker por biscoito integral, que é rico em fibra e tem baixo teor de gordura.
No almoço, atenção às frituras, que não devem fazer parte do cardápio das crianças por oferecerem diversos riscos à saúde e contribuírem para o aumento do peso. Assados e grelhados são mais saudáveis por apresentar mais nutrientes do alimento. Macarrão integral com molho de tomate é uma boa opção por ter uma melhor aceitação das crianças. O prato pode ser complementado com um filé de frango ou peixe grelhado, o que garante o aporte de carboidratos, proteínas e vitaminas na refeição.
O jantar, sempre que possível, dever ser feito em família, com todos à mesa e longe da televisão. “Sopa de legumes com frango é uma boa opção para essa hora. Ela pode ser composta por espinafre, cenoura, abobrinha e cebola, preferindo temperos naturais, como ervas aromáticas, para dar sabor e deixá-la mais nutritiva”, recomenda Aritiane.
Mais do que oferecer refeições saudáveis, os pais também precisam servir como exemplo para os filhos. “De nada adianta falar para a criança comer uma fruta se os pais não têm esse hábito, a aceitação será muito mais difícil. Além disso, chantagens que obrigam as crianças a comer em troca de alguma recompensa devem ser evitadas”. Doces e guloseimas podem ficar para ocasiões especiais e nunca servidas à vontade para as crianças. “Não se pode proibir o filho de comer alguma coisa, mas moderação e bom senso dos pais são essenciais”, alerta a nutricionista consultora da Itgreenfoods.
Essas dicas valem para o Dia das Crianças, mas devem fazer parte da rotina e incorporadas aos seus hábitos alimentares, lembrando que o que a criança come hoje refletirá no que ela será no futuro. “A mudança não precisa ser radical, de uma hora para outra. É preciso dar um passo de cada vez, mostrando sempre novos alimentos e sabores para a criança. São pequenas mudanças diárias que trarão inúmeros benefícios a ela e toda a família”, finaliza Aritiane.

Gostou da Dica? Curte:





Comentários do Facebook
33 Comentários do Blogger

33 comentários:

Postar um comentário

Fico Feliz com Seu Comentário, volte sempre!

PS: Comentários anônimos não serão mais aceitos ok?

Top 10